Traficantes de drogas “desconfiaram” que uma das vítimas, novata na localidade, “estava passando a visão” para um grupo rival.

Duas mulheres foram baleadas e uma delas não resistiu aos ferimentos, na noite de quarta-feira (11), no bairro de São Cristóvão, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 21h, na Rua Lessa Ribeiro. A vítima fatal foi identificada como Adriana Fonseca dos Santos e tinha 24 anos. Já a sobrevivente é uma jovem de 19 anos, de prenome Alessandra, que está internada em uma unidade médica.

Resultado de imagem para Adriana Fonseca dos Santos
De acordo uma moradora em contato com o Informe Baiano, traficantes de drogas foram os autores do crime, pois “desconfiaram” que uma das vítimas, que é novata na localidade, “estava passando a visão” para um grupo rival. “A menina ficava de boa aí conversando com as amigas, era envolvida em nada, isso é conversa desses bandidos. Aqui agora está assim e piora cada que passa. Aí quando a gente faz denúncia pra polícia, mandam a Rondesp ou a Peto, e eles chegam com raiva achando que todo mundo é vagabundo. Mas a situação é essa aqui, pro tráfico todo mundo é rival deles, pra polícia todo mundo é traficante. E o povo no meio de tudo, sofrendo e sendo humilhado. Várias pessoas ‘colocou’ a casa pra vender, mas ninguém se interessa”, desabafou uma moradora. // Informe Baiano.