Um confronto entre policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada) e supostos traficantes deixou um bandido morto na última segunda-feira (02), no município de Ruy Barbosa.


A morte foi registrada durante rondas no bairro da Dignidade em conjunto com guarnição do Departamento de Polícia Militar da cidade chapadeira. Armas e drogas foram apreendidas na ação policial. Conforme dados enviados ao Jornal da Chapada, os policiais realizavam abordagens, quando passaram pela Rua C do referido bairro e avistaram homens em local ermo, com baixa luminosidade e que, ao perceberem a aproximação da viatura, passaram a disparar contra os militares.


Os militares acompanharam alguns dos suspeitos, após eles atravessarem o interior de uma residência e do quintal, no fundo da casa, iniciaram novos disparos de arma de fogo contra os policiais. “[Os militares] revidaram e o indivíduo continuou a evadir e novamente, já em meio ao matagal, efetuou novos disparos contra a guarnição, que novamente revidou a injusta agressão. Ao perceberem o término dos disparos por parte do agressor, a guarnição efetuou uma incursão rural e localizou inicialmente uma pochete com maconha e crack e mais a frente um indivíduo ferido ao solo, e próximo ao mesmo, duas armas de fogo”, aponta nota da Cipe-Chapada.


Com o bandido ferido, os policiais iniciaram ação imediatamente para prestar socorro e levaram o homem para o Hospital Municipal de Ruy Barbosa, onde foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com os dados da Cipe-Chapada, o revólver continha um cartucho intacto e um picotado, além de quatro estojos deflagrados. Já a espingarda serrada de dois canos estava com um disparo efetuado, e outro cano carregado. “Que o indivíduo foi identificado sendo ‘J. Ferreira Brito’, envolvido com o tráfico de drogas e autor de diversos assaltos e homicídios na região.


Os entorpecentes apreendidos foram apresentados na Delegacia de Polícia de Ruy Barbosa”, conforme nota. Foram apreendidos com o suspeito morto um revólver .32, a espingarda serrada, além de 51 buchas de maconha, nove pedras de crack, R$10 e um aparelho de celular. (Fonte: Jornal da Chapada)