O Ministério da Ciência e Tecnologia informou hoje que o Brasil testará nas próximas semanas um "remédio promissor" que, segundo análises in vitro, demonstrou ter 94% de eficácia em ensaios com células infectadas pelo novo coronavírus. Ao menos 500 pacientes com a covid-19, desde que não estejam em estado grave, participarão dos estudos clínicos, de acordo com o governo. Especialista ouvido pelo UOL, o infectologista José David Urbaéz Brito classificou o anúncio do ministério como um "desserviço" que, de modo irresponsável, "faz aumentar a expectativa de uma população vulnerável submetida ao medo". Segundo ele, a eficácia de moléculas testadas in vitro é algo corriqueiro e quase s... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/15/governo-testa-remedio-com-94-de-eficacia-em-ensaio-com-celula-da-covid-19.htm?cmpid=copiaecola