Dois homens suspeitos de tráfico de drogas morreram em um confronto com policiais no sábado (25), em Correntina, no oeste da Bahia. O confronto ocorreu na comunidade de Capão do Modesto, com policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto).
Conforme informação da polícia, eles foram informados através de denúncia anônima que um homem cultivava maconha na comunidade. No local indicado pela denúncia os policiais foram recebidos a tiros pelos suspeitos, os quais reagiram à injusta agressão.

Com o cessar dos disparos, dois homens foram encontrados caídos. Eles foram socorridos e encaminhados ao hospital local, no entanto, não resistiram aos ferimentos e morreram na unidade hospitalar.
De acordo com os agentes, outros dois suspeitos foram detidos após tentar fugir. Eles ainda confessaram que, outros membros da organização criminosa estariam hospedados em uma pousada da cidade. No local indicado os policias prenderam mais dois integrantes do bando, os quais disseram que os mais de 18 mil pés de maconha renderiam cerca de uma tonelada de maconha. Boa parte dos presos é do estado do Pernambuco, sendo apenas um morador de Correntina. Este responsável por cuidar da plantação.

Segundo consta no boletim de ocorrência, seis homens foram presos em flagrante delito, duas morte em decorrência de intervenção policial, quatro armas de fogo e três celulares apreendidos. Os envolvidos e o material foram encaminhados à Delegacia onde foram tomadas as medidas legais. (Fonte: ASCOM do 3º Pelotão da 30ª CIPM)