O delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), confirmou que o pai de Rafael, Nilton Rodriguez, cometeu suicídio no dia (14), ao se jogar em frente de um trem um uma estação de metrô.

A confirmação da morte foi feita pela polícia de São Paulo

“Lamentamos muito por essa situação. Infelizmente, uma pessoa que não tem nenhum envolvimento com esse crime, mas não deve ter aguentado a pressão com a repercussão do caso e tirou a própria vida”, declarou o delegado.

O filho de Nilton que estava foragido Rafael Rodrigues, de 31 anos, suspeito de assassinar a miss Kimberly Karen Mota, de 22 anos, no Amazonas, foi preso ontem (15) em Pacaraima, região Norte de Roraima, na fronteira com a Venezuela. A informação é do comandante da PM, coronel Elias Santana.





Segundo o comandante, o suspeito foi encontrado por policiais militares em um barraco de madeira, em uma região de mata em Pacaraima. Rafael entrou em Roraima na segunda-feira (11). Na terça (12), um dia depois, a miss foi encontrada morta do apartamento dele, no Centro de Manaus. Kimberly foi morta a facadas e sofreu golpes no pescoço e no abdômen.

De acordo com o delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), em Manaus, equipes vão a Pacaraima fazer o recambiamento de Rafael para o Amazonas.

"Outras informações, como as circunstâncias da prisão do infrator, bem como chegada das equipes em Manaus, serão repassadas posteriormente."