A mãe de 64 anos, Cheryl, afirmou a policiais que a relação sexual com Tony, de 43, foi consensual, visto que "ficaram mais próximos"

Cheryl e Tony Lavoie, mãe e filho, foram flagrados fazendo sexo - (Foto: Reprodução/The Sentinel and Enterprise)


Uma mulher denunciou um caso de incesto à polícia de Fitchburg, no estado de Massachusetts (EUA), após flagrar o marido, de 43 anos, fazendo sexo com a mãe, de 64. De acordo com a reportagem do jornal "The Sentinel and Enterprise", idosa e filho podem ser condenados a até 20 anos de prisão pelo crime.

A relação sexual incestuosa ocorreu no dia 20 de maio deste ano. Ao ser questionado pela esposa, Tony Lavoie afirmou que aquela foi a primeira vez em que ele fazia sexo com a mãe. "Simplesmente aconteceu", disse ele, justificando-se. Os dois viviam na mesma casa.

A mãe do homem, Cheryl, afirmou aos policiais que a relação sexual "foi consensual". A idosa ainda revelou que ela e o filho haviam ficado "mais próximos" e que tudo começou com beijos. Os dois foram liberados após interrogatório.

O caso segue sendo investigado, mas uma audiência está marcada para outubro. Até lá, Tony e a mãe não podem ter qualquer tipo de contato.