Testemunhas afirmam que o confronto aconteceu por conta de conflitos motivados pela disputa por terra, em Camaçari.

Um Policial Militar e um homem, identificado por testemunhas como fuzileiro naval, foram baleados nesta sexta-feira (11/9). O soldado Ítalo Andrade, da 14ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Lobato) não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Tudo aconteceu na estrada velha que liga a localidade de Monte Gordo a Barra de Jacuípe, em Camaçari.


Testemunhas afirmam que o confronto aconteceu por conta de conflitos motivados pela disputa por terra. As vítimas estariam em um terreno, quando um carro passou e um dos ocupantes disparou. Ainda não há informações sobre o modelo do veículo ou a quantidade de ocupantes. A 59ª CIPM, que atende a região, disse ter recebido a denúncia de que algumas pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo. Apenas ao chegar ao local, a guarnição percebeu que uma das vítimas era militar. O outro ferido foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral de Camaçari e seu estado de saúde não foi divulgado pela PM. As circunstâncias do crime serão investigadas pela Polícia Civil. // Aratu.