Elemento estaria envolvido no tiroteio entre duas facções que deixou quatro pedestres baleados, na tarde desta sexta-feira (12), no bairro Malhado, em Ilhéus.

Por volta das 22h30 desta sexta-feira (12) guarnições da Rondesp Sul e 68 CIPM, ao realizar diligência no Alto do Coqueiro, em Ilhéus, depararam-se com vários meliantes de altíssima periculosidade em posse de armas de fogo passando disparos contra os policiais. De pronto, as guarnições revidaram a injusta agressão e balearam o indivíduo identificado por Douglas em posse de uma pistola municiada na mão.



O socorro foi prestado para o hospital Costa do Cacau, onde foi constatado o óbito. Com o meliante a PM encontrou 01 pistola Taurus cal .380, 01 carregador com 08 munições cal. 380 intactas, 7 papelotes contendo 4 gr de cocaína, 2 buchas contendo 3 gr de maconha, 218 pedras pequenas contendo 12 gr de crack e a quantia de 93,00 reais fragmentado. Douglas é um dos suspeitos de participar do intenso tiroteio no final da tarde desta sexta-feira (12) próximo do ponto de ônibus da Rota, na central de abastecimento do Malhado, onde vitimou 03 homens e uma mulher.

Quatro baleados no tiroteio

Quatro pessoas foram baleadas no final da tarde desta sexta-feira (11), durante intenso tiroteio próximo do ponto de ônibus da Rota, na Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus. Um idoso, residente no Malhado, foi alvejado no braço direito e outro nas costas; Um homem, morador do Basílio, foi atingido no peito direito; Uma jovem de 27 anos, residente no Jardim Savóia, foi atingida na coxa esquerda e outro na coxa direita, além de um rapaz, de 26 anos, morador também do Basílio, foi baleado com um disparo na coxa esquerda.

IMG-20200912-WA0150

Todos foram encaminhados para o hospital Costa do Cacau para intervenção cirúrgica. Dois indivíduos oriundos do Alto do Coqueiro a bordo de uma moto, sendo que um deles entrou em um bar e passou a efetuar diversos disparos de arma de fogo contra Alexsandro Ramos e Paulo Henrique, que de acordo com a polícia, pertencem à facção criminosa rival. Duas vítimas foram baleadas quando buscavam proteção, para fugir em meio ao fogo cruzado, que provocou pânico e muita correria das pessoas, em Ilhéus. // Fábio Roberto Notícias.

Indivíduo estava provocando terror na comunidade.