Uma das jovens escorregou, e a amiga dela também caiu ao tentar segurá-la. Elas tinham 18 e 19 anos. Helicóptero foi usado para resgate em local.

Duas jovens de 18 e 19 anos morreram após cair em uma cachoeira em Lages, na Serra catarinense, no fim da tarde deste domingo (13). Segundo o Batalhão de Aviação da Polícia Militar, uma delas escorregou e a amiga, ao tentar segurá-la, também se desequilibrou. As duas caíram de uma altura de aproximadamente 30 metros, em um local de difícil acesso. A equipe de resgate precisou usar um helicóptero na localidade do Salto Rio Caveiras.



Bruna Rafaela Vellasquez, de 18 anos, morreu ainda no local. Monique Medeiros de Almeida, de 19 anos, foi levada ao hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, com ferimentos graves, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade de saúde. O Serviço Móvel de Urgência (Samu) socorreu as vítimas junto com a polícia. Após ser constatada a morte de uma delas no local, a segunda vítima foi colocada em “maca de ribanceira” e conduzida até um campo, para depois ser levada de ambulância até o hospital.

As amigas Bruna e Monique morreram após caírem de cachoeiras de 30 metros em SC — Foto: Redes sociais/Reprodução

Segundo os socorristas, o lugar onde as jovens estavam é proibido para visitação, mas visitantes acabam indo até o local traídos pela paisagem. Muitas pessoas acompanharem o resgate no local no fim da tarde de domingo (13). As duas jovens moravam em Lages. Em redes sociais, amigos e familiares delas lamentaram as mortes. Os corpos foram liberados pelo Instituto Médico Legal de Lages às famílias das vítimas na manhã desta segunda-feira (14).

Acesso proibido

A cachoeira do Salto é mais um dos belos cartões postais de Lages, mas o local é proibido para visitação pública. O acesso é feito por uma trilha, dentro do terreno de propriedade da CELESC. Já o Rio Caveiras, de acordo com a legislação, é “Área de Marinha”. Infelizmente mesmo sendo proibido as pessoas conseguem ter acesso. O Salto do Rio caveiras estava consultas pessoas, que naturalmente em um dia de calor estavam querendo sair um pouco da quarentena. Os órgãos público deveriam prever que o local estaria lotado de pessoas e deveria ter pelo menos a PM ou fiscais para inibir a entrada ou a aglomeração, não poderia ser mais trágico o passeio na Cachoeira do Salto Caveiras, que fica em área de difícil , duas jovens perdem a vida, triste notícia. // G1.

Bruna (E) e Monique (D) morreram ao caírem cerca de 30 metros em cachoeira na Serra catarinense — Foto: Redes sociais/Reprodução