Carla Geovana Alvarez, de 37 anos, era muito conhecida na região sendo uma das poucas mulheres caminhoneiras em atividade.


Uma colisão entre dois caminhões no início da madrugada desta terça-feira (13), na BR-290, em Santa Margarida do Sul, tirou precocemente a vida da caminhoneira santanense Carla Geovana Alvarez, de 37 anos. A rodovia seguia interrompida até a manhã desta terça-feira. A colisão ocorreu no km 382 da rodovia, cerca de 100km de Rosário do Sul.

O outro motorista conseguiu salvar-se e teve ferimentos leves. Carla era funcionária da rede de postos de combustíveis Rosul, de Santana do Livramento que possui duas filiais em Rosário do Sul e fazia o transporte de produtos da refinaria até seu destino final. Ela era muito conhecida na região sendo uma das poucas mulheres caminhoneiras de Santana do Livramento.


Conforme o jornal A Platéia, o acidente ocorreu antes da 1h da madrugada. Outro motorista que viajava na mesma região disse que escutou uma explosão e um clarão. Até às 10h o trânsito continuava interrompido e o desvio estava sendo feito por Bagé. Moradores de Rosário do Sul e Santana do Livramento lamentaram por redes sociais a precoce perda da caminhoneira que era bem querida dos colegas de Rosário do Sul.


Recentemente ela protagonizou um vídeo onde lembra sua vida, desde que tinha um armazém, depois foi motoboy e motorista de ambulância até conseguir uma oportunidade para virar motorista de caminhão, que era seu sonho. No vídeo ela diz “nunca desista de seus sonhos”. Ela deixa uma filha. Assista:


Sonho interrompido

Carla era conhecida na cidade por ser uma trabalhadora, fazendo vários trabalhos com seu caminhão Mercedes, que fazia transporte de combustível nas rodovias. O veículo não tinha carga de combustível no momento do trágico acidente. A notícia enlutou a comunidade santanense, com várias postagens de pesar no seu Facebook. Sua história foi abordada em uma campanha dos Postos Rosul, onde neste vídeo, Carla relata as dificuldades para realizar o sonho de ser caminhoneira, tragicamente interrompido nesta madrugada. // Gazeta de Rosário.