Graciele Voicekoski, de 39 anos, estava internada desde agosto, vindo a falecer no início desta semana. Do grupo, ela foi a única atingida pelo objeto.



Há exatamente dois meses atrás, no dia 26 de agosto, um grupo de quatros ciclistas, que faziam pedalada pela rodovia BR-467, no sentido Toledo a Cascavel, próximo à ponte sobre o Rio Lopei, quando foram surpreendidos por um rodado que se desprendeu de um caminhão, que trafegava no mesmo sentido. A roda atingiu a ciclista Graciele Voicekoski de 39 anos.


Uma ambulância do Corpo de Bombeiros de Toledo foi acionada e prestou os primeiros socorros, em seguida com a chegada da ambulância do SAMU, Graciele foi conduzida ao hospital Bom Jesus, com ferimentos considerados graves. Os outros ciclistas, não se feriram. Após o acidente, a roda bateu no barranco andou pela beira da rodovia, atravessando a rodovia e foi para dentro do matagal, não sendo mais encontrada. A ciclista moradora de Toledo após dois meses, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta segunda-feira no hospital Bom Jesus. // RadarBO.