Os 97.364 votos recebidos por Herzem neste domingo (29) em Conquista correspondem a um novo recorde de votação em um pleito municipal.



O prefeito Herzem Gusmão (MDB) foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista, para mais um mandato de 4 anos. A vice-prefeita eleita é Sheila Lemos (DEM), filha da atual vice-prefeita, Irma Lemos (PTB). A disputa foi acirrada, e no 2º turno, o prefeito Herzem abriu vantagem de quase 15 mil votos de frente. Com 54% dos votos válidos, Herzem somou 97.364 votos, contra 46% do adversário, José Raimundo (PT), que alcançou 82.942 votos.

Coletiva

Na manhã desta 2ª feira (30), às 10 horas, acompanhado da vice-prefeita eleita, Sheila Lemos (DEM), o prefeito Herzem Gusmão concederá entrevista coletiva à imprensa de Vitória da Conquista, no Hotel Ibis, localizado na Av. Juraci Magalhães. Segundo a assessoria do prefeito Herzem, o tempo da entrevista será de até 1 hora.

Carreata

O prefeito participará de uma carreata que percorrerá ruas e avenidas da cidade. Concentração a partir das 15 horas, no Vila América, nas proximidades da Av. J.Pedral. Devido a pandemia, o prefeito preferiu não sair de casa neste domingo (29), e segundo informações, irá durante todo o mês de dezembro, intensificar campanhas para que Vitória da Conquista continue com absoluto controle sobre o coronavírus.

Votação recorde

Os 97.364 votos recebidos por Herzem Gusmão (MDB) neste domingo (29) em Vitória da Conquista correspondem a um novo recorde de votação no pleito municipal. O atual prefeito conseguiu bater sua própria marca de 95.710 votos, conquistada em sua primeira eleição vencida, em 2016. A terceira maior votação em Vitória da Conquista foi em 2012, quando Guilherme Menezes foi eleito prefeito no segundo turno contra Herzem ao receber 91.072 votos. Em relação ao primeiro turno, Herzem viu sua votação aumentar 18.632 votos, enquanto Zé Raimundo (PT), candidato derrotado, conseguiu angariar apenas 1.221 votos.



Ele foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista com 97.364 votos (54%), contra 82.942 votos (46%) de Zé Raimundo (PT). Foram 2.367 votos (1,25%) em branco e 6.509 votos (3,44%) nulos. Ao todo, 189.182 eleitores compareceram e 41.994 (18,17%) se abstiveram de votar. A diferença que parecia ser apertada foi de 14.422 votos, bem mais do que os 11.122 votos obtidos pelos cinco candidatos que ficaram foram do segundo turno. A menor abstenção – 1.632 pessoas a mais votaram no segundo turno, a diminuição de 1.728 votos em branco e de 4.671 votos nulos em relação ao primeiro turno justificam a vitória expressiva. // Blog da Resenha Geral . Agência Sertão.