Na noite desse domingo (14), dois homens morreram após confronto com a guarnição da PM em Barra do Choca. Um dos resistentes era apontado como autor do feminicídio de grande repercussão ocorrido mês passado na cidade de Vitória da Conquista.


As guarnições empreendiam rondas ostensivas pelas imediações do bairro Cidade Jardins, quando foram informados, através de denúncia anônima, que na rua Augusto Lopes, dois indivíduos estariam ostentando armas de fogo. De posse dessas informações, os militares deslocaram até a rua e bairro supracitados.


Ao perceber a aproximação dos militares, os homens efetuaram disparos de arma de fogo contra a guarnição, o quê motivou o revide. Cessado o confronto, foi constatado que os dois homens haviam sido alvejados. Foi verificado ainda que ambos  apresentavam sinais vitais, diante disso a guarnição de imediato lhes prestou socorro, conduzindo-os ao Hospital Municipal de Barra do Choca. 


Posteriormente, os militares foram informados que os dois resistentes não resistiram aos ferimentos e evoluíram a óbito, constatado pelo médico plantonista.


Durante a ação foram apreendidos os seguintes materiais:


▪️02(dois) revólveres Taurus Cal. 38, sendo um com numeração suprimida;

▪️07 (sete) estojos de munições .38 deflagradas; 

▪️155 (cento e cinquenta e cinco) invólucros de substância semelhante à maconha;

▪️01 (um) tablete de substância semelhante à maconha;

▪️01 (um) Veículo GM Corda Classic, PP JOP 5455 (Restrição de roubo);

▪️01 (uma) Motocicleta Honda CBX 250 Twister, PP ECZ 2182 (Restrição de roubo).


Os resistentes foram identificados como Micael ferreira Bittencourt (19 anos) *, e o menor pelas iniciais *V.A.S (17 anos). O material apreendido foi encaminhado às autoridades competentes para adoção das medidas cabíveis.


Fonte: 79ª CIPM/ASCOM

🚔A FORÇA DO SUDOESTE  NA CORRENTE DO BEM🚔