O assassino confesso de Paulo Roberto Dias Santosmorto a facadas, em Jequié, no último domingo (07), se apresentou na delegacia, nessa terça-feira (09). Segundo a polícia civil, o elemento confessou o crime, mas não ficou preso porque se apresentou após passar o período do flagrante e não havia mandado de prisão em seu desfavor.

O meliante que não teve o nome revelado pelas AUTORIDADES, disse que matou Paulo Roberto depois de ver que ele estava brigando com a sua mãe, na Feirinha do Joaquim Romão, por causa do som alto de uma pregação.

Paulo Roberto morreu com três golpes de faca.

RELEMBRE O CASO