A sepultura e o corpo de uma idosa de 71 anos foram violados no cemitério de Natividade, região sudeste do Tocantins. A mulher morreu na madrugada da última segunda-feira (22) em Palmas após ser internada com problemas cardíacos.

Funcionários da funerária responsável encontraram um preservativo ao lado do corpo e suspeitaram de abuso sexual. A Polícia Militar foi acionada e isolou o local até a chegada da perícia, que coletou material genético no local. O caso foi registrado na delegacia da Polícia Civil e um inquérito policial foi instaurado.