A fisioterapeuta Talyssa Taques, de 27 anos, teve uma crise de sonambulismo e caiu do terceiro andar de um hotel no Rio de Janeiro. O caso aconteceu em 5 de fevereiro, mas chamou atenção agora, já que ela está internada no Hospital Israelita Albert Sabin e a família busca uma transferência para Mato Grosso.

Segundo sua mãe, Talyssa mora em Cuiabá e passava um final de semana no Rio, junto com os pais e irmãos, quando ocorreu a crise de sonambulismo e o acidente. Foi criada uma vaquinha online para arrecadar recursos para custear uma UTI aérea, a fim de promover o suporte que ela precisa para ficar perto de casa.

A mãe de Talyssa, a consultora imobiliária Angélica Oliveira, contou ao UOL que a filha trabalha como coordenadora da UTI no Hospital São Mateus, e também em um pronto-socorro de Cuiabá. As duas unidades são referência de atendimento a covid-19.

Ela afirma que a filha teve crise de sonambulismo apenas na infância, mas acredita que o novo episódio ocorreu com o cansaço do trabalho.