Após a própria tia obrigar uma menina de oito anos a ingerir bebidas alcoólicas e ter relações sexuais com primos, três familiares obtiveram os mandados de prisão cumpridos na última quarta-feira, 14, por envolvimento no estupro de vulnerável. As informações são do jornal A Tarde. O caso aconteceu em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano. A mãe da menina denunciou os parentes, que passaram a ser investigados pelo ocorrido. Segundo a Polícia Civil, os abusos eram incentivados pela tia da garota, que obrigava a criança a ingerir bebidas alcoólicas e ter relações com os próprios primos. Além disso, conforme informações apuradas com o Conselho Tutelar, a vítima era frequentemente ameaçada de morte pelo trio, caso falasse sobre os abusos. Com o cumprimento dos mandados de prisão preventiva, o trio deve seguir para o sistema prisional. O inquérito será concluído e remetido à Justiça. Já a criança foi encaminhada para acompanhamento pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).// 
Foto: Divulgação/ Achei Sudoeste.