Durante uma coletiva de imprensa do Conselho Nacional de Saúde da Dinamarca, para anunciar a suspensão da vacina de Oxford/AstraZeneca, a diretora da Agência de Medicamento, Tanja Erichsen, desmaiou ao vivo e causou preocupação em quem estava presente. 

No evento, oficiais argumentam que existe uma preocupação com efeitos colaterais " raros, mas graves". Segundo o comunicado divulgado pela Autoriade Sanitária da Dinamarca, Soren Brostrom, "nossa avaliação geral é de que existe um risco real de efeitos colaterais graves associados ao uso da vacina anti-Covid-19 da AstraZeneca. Portanto, decidimos remover a vacina de nosso programa de imunização ".

A Dinamarca foi o primeiro país europeu a suspender a distribuição da vacina inglesa e baseia-se na investigação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) na possível relação entre o imunizante e a formação de coágulos sanguíneos.

Assista: