O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), permanece, na manhã deste sábado (15), em um quarto do hospital Sírio-Libanês sedado e acompanhado de familiares. De acordo com o boletim médico divulgado na noite da sexta-feira (14), o quadro do prefeito é irreversível.

Internado desde o dia 2 de maio para tratamento do câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado, Covas apresentou piora do estado de saúde no início da noite da sexta-feira (14).

Até o momento, não há previsão de divulgação de um novo boletim médico. De acordo com informações da Record TV, o prefeito está somente na companhia de familiares, incluindo o filho Tomás.

Segundo o relatório médico, Covas — que está afastado do trabalho na prefeitura desde o dia 2 de maio para se dedicar inteiramente ao tratamento — vem recebendo medicamentos analgésicos e sedativos.

O boletim médico é assinado pelas equipes coordenadas pelos médicos David Uip, Artur Katz, Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Raul Cutait e Roberto Kalil Filho, além dos diretores de Governança Clínica, Luiz Francisco Cardoso, e clínico, Ângelo Fernandez.//
MARCELO CHELLO / ESTADÃO CONTEÚDO