Uma jovem de 26 anos morreu no Hospital do Subúrbio, em Salvador, após ser internada com politraumatismo, decorrente de agressões de violência doméstica. O companheiro da vítima é o principal suspeito do crime e, nesta sexta-feira (11), ele é procurado pela polícia.

O caso aconteceu no bairro da Barra, no dia 13 de maio. A vítima, Daiane Jesus Santana, ficou 25 dias internada e não resistiu aos ferimentos. A polícia não detalhou como ela foi encontrada, nem quem prestou o socorro.

Informações preliminares apontam que ela foi espancada e mantida em cárcere privado, mas a polícia ainda não confirmou essa versão. O caso foi investigado pela 1ª delegacia de Homicídios. (G1 Bahia)