Os laudos da necropsia realizada em Mateus Correia Viana e Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos, indicam que os dois corpos apresentam “sinais gerais de asfixia, com coloração carminada dos tecidos, sugestivo de intoxicação exógena”.

Divulgado pelo jornal O Globo, o laudo assinado pelo perito Claudio Amorim Simões, do Instituto Médico Legal (IML), informa que foram solicitados exames complementares para definir se a intoxicação do casal aconteceu por monóxido de carbono.

A delegada Natacha Alves de Oliveira, titular da 14ª DP (Leblon), informa que a maior suspeita é que o casal tenha sofrido um acidente doméstico por causa de problemas no aquecedor a gás da água do apartamento onde eles estavam.

Entenda o caso

O casal Matheus Correia Viana e Nathalia Guzzardi Marques foi encontrado morto no box do banheiro de um apartamento no Leblon, na Zona Sul do Rio, na noite de terça-feira (22). O caso é acompanhado pela 14ª DP (Leblon). Em nota, a corporação já havia afirmado que "informações preliminares indicam que a causa das mortes teria sido um vazamento de gás no banheiro onde as vítimas estavam”.//Por: Redação BNews