A Polícia Civil cumpriu na segunda-feira (21) mandado de busca e apreensão na casa de uma pessoa que estava organizando uma festa clandestina de São João na cidade de Cruz das Almas, localizada no recôncavo baiano. Por causa da pandemia, um decreto estadual proíbe a realização de festas, eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas na Bahia, independentemente do número de participantes. Além de 142 camisas do bloco junino, que estavam sendo comercializadas por R$ 17, foram apreendidos um caderno de anotações de compra e venda dos abadás. com a Polícia Civil. “Fizemos o trabalho de investigação e descobrimos o responsável pela venda das camisas. No dia que seria o evento (24 de junho), vamos contar com o apoio da Polícia Militar, para que se houver algum indicativo de festa, ou aglomeração, possamos punir diante da lei os envolvidos”, disse o delegado Cristóvão Éder, titular da delegacia de Cruz das Almas.

Fonte: Notícias de Santaluz