O homem que divulgou um vídeo em que confessava ter agredido a ex-companheira foi deito por mandado de prisão neste sábado (17), na cidade de Jaguaripe, Recôncavo Baiano. Além das agressões, ele também ameaçou e reteve o celular da vítima, que tem 37 anos. Saulo de Tarso foi localizado depois que o vídeo viralizou nas redes sociais. Nas imagens, ele diz que empurrou a vítima depois de acessar o aplicativo de mensagens no celular dela. Para a polícia, a vítima contou que eles chegaram a conviver por cinco meses. De acordo com o G1, as agressões aconteceram em Jaguaripe. A vítima conseguiu fugir do local e foi até a cidade de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, onde registrou a ocorrência, no dia 9 de julho. O crime não foi registrado na cidade de origem, porque o agressor tem influência em Jaguaripe. Já na delegacia, ela fez os exames físicos, prestou depoimento e apresentou as filmagens. No local, a polícia instaurou o inquérito e solicitou os pedidos de medida protetiva e prisão preventiva. O agressor foi levado para a 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Santo Antônio de Jesus, e será transferido para Salvador. Ele prestou depoimento e depois e foi transferido para o sistema prisional.//Foto: Reprodução/G1