Após a confirmação de casos positivos da Covid-19 entre professores da rede municipal de Brumado, a APLB Sindicato está cobrando da prefeitura a suspensão das aulas (veja aqui), conforme o que preconiza o protocolo de segurança divulgado pelo próprio Município. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, Paulo Esdras, assessor de comunicação da APLB, disse que o mais adequado nesse momento é suspender as aulas para que seja feito um planejamento com a imunização completa de todos os servidores da educação. “Esse planejamento é importante para retornarmos com segurança e sem riscos para a saúde”, frisou. Em caso de a prefeitura descumprir o protocolo e não suspender as aulas, Esdras sinalizou que a APLB irá acionar o Ministério Público para adotar as medidas cabíveis.//
Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste