Ele cumpria pisão domiciliar, mas teve regime fechado decretado após vítimas não se sentirem seguras com o réu em prisão domiciliar



Acusado de cometer uma série de crimes sexuais, João de Deus foi preso nesta quinta-feira (26) em Anápolis, a 55 Km de Goiânia. João cumpria prisão domiciliar e, após pedido do Ministério Público, voltou regime fechado. Ele é acusado de cometer atos de abuso sexual enquanto fazia atendimentos espirituais em Abadiânia (GO). O médium já estava cumprindo pena em regime domiciliar.

O idoso foi condenado a mais de 64 anos de prisão por estupro e porte de arma, além de somar 15 denúncias contra ele.

Segundo o MP, em informações obtidas pelo G1, as vítimas de João de Deus não se sentiam seguras com ele em prisão domiciliar e, por conta disso, uma nova denúncia foi feita, e a volta para o regime fechado decretada.

Em 2018, ele ficou preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, mas, por conta da pandemia, ele foi encaminhado para cumprir prisão em regime domiciliar.//
(Foto: Agência Brasil)