A Justiça suspendeu a redução das tarifas de seis praças de pedágio dos trechos baianos das BRs 116 e 324 (veja aqui). Os novos valores seriam praticados no sábado (14). O Ministério da Infraestrutura informou que ainda não foi notificado da decisão, mas que vai recorrer. A suspensão atende um pedido da ViaBahia, concessionária que administra as rodovias. No pedido, a ViaBahia disse que a diminuição das tarifas acarreta em menos investimentos nas vias. O anúncio da diminuição dos valores foi feito pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), por considerar que a ViaBahia não estava cumprindo cláusulas do contrato de concessão. Com isso, haveria redução de R$ 0,50 nas praças de P1 e P2, que ficam na BR-324, e de R$ 0,80 nas praças P3 a P7, localizadas na BR-116. Por meio de nota, o ministério informou ainda que a agência da ANTT fortalece a regulação e presta contas à população, que é prejudicada pelo “mau serviço da ViaBahia”.//Foto: Foto: Arestides Baptista/A Tarde