Um casal foi preso em Moema, Zona Sul de São Paulo, após ser flagrado com uma arma e munições. Para tentar esconder uma bolsa onde estavam uma pistola com mira laser, munição para fuzil, US$ 1 mil (aproximadamente mais R$ 5.200), R$ 4 mil, joias, nove celulares, o casal usou o cachorro como 'disfarce'. Os donos do animal, da raça yorkshire, foram detidos na noite de segunda-feira (13).

O motorista saiu do veículo, mas como a mulher, que estava no banco do carona, não deixou o automóvel. Ela estava sentada, com o cachorro no colo, tentando despistar os agentes. Embaixo do animal, a mulher havia escondido a bolsa onde guardava o armamento de uso restrito das forças de segurança, além dos outros objetos e dinheiro de origem desconhecida.

"A todo momento ela [a mulher] estava com o cachorrinho no colo e segurando a bolsa. Para não causar nenhuma desconfiança e mostrar até um jeito dócil", disse o tenente Vinícius Artilha, da PM, ao telejornal 'Bom Dia São Paulo'.

Ainda segundo o militar, na bolsa foram encontrados uma pistola semiautomática da marca Glock, diversos carregadores, sendo um no formato caracol, e munições para vários calibres, inclusive de fuzil.

De acordo com os policiais, eles não tinham passagens criminais anteriores. Ainda segundo a polícia, o casal confessou que pegou o material apreendido em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

O homem e a mulher foram levados pelos policiais militares para o 27º Distrito Policial (DP), no Campo Belo. De acordo com os policiais, eles não tinham passagens criminais anteriores. Já o cachorro do casal acabou entregue aos seus parentes.// Por: Reprodução/TV Globo