A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) e a Prefeitura de Salvador encerraram neste domingo (5) uma festa clandestina na Praia do Flamengo, com mais de 500 pessoas. O evento era comandado pelo cantor Robyssão, que levava, inclusive, o nome da festa: Bailão do Robyssão.

Casos similares foram registrados e interrompidos em Paripe, Vila Laura e Praia do Forte neste final de semana. 

Em entrevista ao programa Balanço Geral, da TV Itapoan, o coordenador de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Evaristo Freitas, afirmou que 1.400 vistorias foram feitas no sábado (4) e domingo (5), com nove interdições, entre elas destes eventos clandestinos. 

Freitas disse ainda que a operação do feriado de 7 de Setembro segue com oito equipes em rondas por Salvador até esta terça (7).//Bnews