A Câmara Municipal de Poções aprovou na calada da noite de terça-feira (23), em duas sessões extraordinárias que nem sequer foram transmitidas ao vivo, um projeto de lei que autoriza a criação de novos cargos de assessores para os vereadores. A proposta passou pelo plenário por unanimidade, ou seja, todos 13 vereadores votaram a favor, inclusive alguns que pregam moralidade. Com a nova lei, de autoria da Mesa Diretora, serão criados 13 novos cargos para assessores, sendo um assessor para cada vereador. Agora cada edil terá direito a dois assessores parlamentares. O salário é de R$ 1,5 mil. O curioso é que os nobres edis realizaram uma sessão extraordinária sem ao menos propagar para a população. Nas redes sociais são muitas as críticas, afinal alguns vereadores do município já foram denunciados por promoverem “rachadinhas” com os assessores. Na mesma sessão, os legisladores poçoenses ainda aprovaram o aumento de cerca de 50% do valor da diária. O projeto entrará em vigor após a sanção da prefeita Irenilda Magalhães.//

Portal Poções