Após oito dias do desaparecimento do músico Renato Santos Evangelista, em Vila de Abrantes, no município de Camaçari, um vídeo que circula pelas redes sociais indica o paradeiro do jovem. O músico aparece nas imagens sendo morto em um matagal.

Por meio de nota, a polícia confirma que Renato aparece sendo executado no vídeo que circula pelas redes sociais e diz que os autores já foram identificados e estão sendo procurados. A 26ª Delegacia da Polícia Civil é responsável pela investigação e diz que já ouviu testemunhas e familiares.

Em contato com o g1, Everton Evangelista, irmão do músico, também reconheceu o homem que aparece nas imagens e em seguida é morto a tiros como seu irmão. “É ele sim. Reconhecemos que é ele”, disse.

De acordo com Everton, o corpo ainda não foi encontrado e a família aguarda que a polícia localize o irmão. “A polícia disse que a gente não pode acompanhar as buscas (pelo corpo), então estamos aguardando”, contou ao g1.

A irmã do músico, Kelly Evangelista, afirmou que a mãe de Renato não viu o vídeo. “Minha mãe está muito abalada. Ela não vai conseguir ver esse vídeo”, disse.

Segundo Kelly, após o desaparecimento de Renato, colegas da banda afirmaram que ele teria sido levado por dois homens armados que seriam ligados ao tráfico de drogas.

“Meu irmão saiu daqui às 21h. Ele costumava fazer os shows e voltava para casa, nesse dia ele ficou, não sei por que motivo. E aí o pessoal da banda me informou que pessoas ligadas ao tráfico levaram ele para o matagal”, disse Kelly.

No vídeo, o homem que a família diz ser Renato aparece de camisa branca e bermuda preta. Ele anda pelo matagal, chega a se ajoelhar, e em um momento em que corre é baleado nas costas e em seguida na cabeça. (g1 Bahia - vídeo BNews)