Em ação conjunta, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do GAECO/BA e da Promotoria de Justiça de Encruzilhada, a Polícia Civil da Bahia deflagraram na manhã de hoje (19), a ‘Operação Basura’. Os esforços apuram possível esquema de desvio de recursos públicos no município de Encruzilhada (BA), por meio de fraude ao caráter competitivo de procedimento licitatório e pela sequencial execução superfaturada do correlato contrato, que teve como objeto a execução de serviços de compactação de resíduos sólidos.

Na ocasião, foram cumpridos 11 mandados de busca, 5 de prisão e 1 de afastamento do exercício das funções públicas nas cidades de Anagé (BA), Encruzilhada (BA), Ilhéus (BA), Jequié (BA), Mirante (BA), Ribeirão do Largo (BA) e Vitória da Conquista (BA).

Durante as investigações, foi descoberto que uma pequena empresa local, vinha prestando inúmeros serviços de locação de máquinas e execução de obras de engenharia civil, com a prestação de mão-de-obra, a diversos Municípios da região sudoeste da Bahia, nos últimos 07 anos. Foi apurado ainda que assim, o negócio captou, ilicitamente, o montante de aproximadamente R$ 21,5 milhões.

Diante dos fatos, foram deferidos pela Vara Única da Comarca de Encruzilhada (BA), pedidos de prisão temporária e afastamento das funções de agente público, além de autorização para buscas e apreensões em endereços residenciais e empresariais.// PRF-BA