1º HOMICÍDIO: O homicídio consumado aconteceu na madrugada deste domingo, 28 de novembro, por volta das 00h10, na Rua Itajubá, no Bairro Luiz Eduardo Magalhães, em Teixeira de Freitas, no interior de uma distribuidora. De acordo com as informações, a vítima teria chegada ao estabelecimento comercial em um veículo e estacionou ao lado da distribuidora de bebidas, adentrando no recinto.

Na sequência, chegaram 02 (dois) homens a bordos de uma motocicleta, de cor preta, (usando máscaras). Um dos criminosos, portando duas armas de fogo se aproximou da vítima e atirou por várias vezes. A vítima foi atingida por 15 tiros, de calibre. 40 (ponto quarenta). Em seguida, os criminosos fugiram do local, sem deixar pistas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), esteve no local e constatou o óbito.

Policiais Militares da 87ª Companhia Independente da Policia Militar (CIPM) estiveram no local, e preservaram a área do crime até a chegada da Polícia Técnica (DPT). A vítima foi identificada como sendo, Breno de Oliveira Lima, de 27 anos. O delegado plantonista, Bruno Ferrari, autorizou a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. Diversas cápsulas de pistola foram colhidas no local.

Um inquérito policial foi instaurado para investigar o crime, e as investigações ficarão a cargo da Polícia Civil de Teixeira de Freitas.

2º HOMICÍDIO: O segundo homicídio da madrugada aconteceu por volta de 00h20, deste domingo, 28 de novembro. A vítima foi identificada como sendo, Lucas de Jesus Santos, de 27 anos. A vítima estava nas proximidades do “Bar do Portuga", na Rua da Pituba, no Bairro Bela Vista,quando foi alvejado por 01 disparo de arma de fogo, na região da cabeça.

Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local, mas nada pôde fazer, a vítima já estava sem sinais vitais. Policiais Militares da 87ª CIPM preservaram a área do crime até a chegada da Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas.

O delegado plantonista, Bruno Ferrari, autorizou a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Teixeira de Freitas, para exames de Medicina Legal, e posteriormente, o corpo será liberado aos familiares para sepultamento.

No local ninguém viu nada, ninguém sabe de nada, a Lei do Silêncio prevaleceu. A violência só aumenta na cidade. Os bandidos estão se sentindo à vontade para matar e isso tem provocado o pânico nos teixeirenses. É preciso uma resposta rápida da Polícia Civil nas investigações, ou muitas e muitas vidas ainda vão ser perdidas, aumentando essa triste estática de violência em nossa cidade.

3º HOMICÍDIO: O fato aconteceu na manhã deste domingo, 28 de novembro, por volta das 07h00, na Praça da Bíblia, região Central de Teixeira de Freitas. De acordo com as informações, um grupo de homens (dependentes químicos) estavam conversando e gerou um certo desentendimento. Um deles ameaçou o companheiro de morte, e não satisfeito com o que ouviu, o autor, em posse de uma arma branca tipo (faca), golpeou a vítima com 10 (dez) facadas no tórax.

A vítima, identificada como Rogério da Silva Andrade, de 33 anos, veio a, vindo a óbito no local. Policiais Militares da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) estiveram no local, agiram rápido e prendeu o autor. Na sequência, ele foi conduzido e apresentado na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, onde foi identificado como sendo, Fabrício Amaral Mendes, de 30 anos. O delegado plantonista, Bruno Ferrari, autorizou a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de Medicina Legal.

Posteriormente, o corpo será liberado aos familiares para sepultamento. A Polícia Civil instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias do crime. (Fonte: Liberdade News)