O município de Mirante voltou ao mapa da corrupção. Nesta sexta-feira (19), a cidade amanheceu com vários policiais civis e federais durante uma operação que investiga desvio de mais de R$ 20 milhões. A Operação Basura foi deflagrada pelo Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Promotoria de Justiça de Encruzilhada, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil do Estado da Bahia, nos municípios de Anagé, Encruzilhada, Ilhéus, Jequié, Mirante, Ribeirão do Largo e Vitória da Conquista. Durante as investigações, o MP descobriu que uma diminuta empresa local captou ilicitamente cerca de R$ 21,5 milhões para suposta prestação, ao longo dos últimos sete anos, de serviços de locação de máquinas e execução de obras de engenharia civil, com a prestação de mão-de-obra, a diversos municípios da região sudoeste do Estado da Bahia. Para esta operação, além das prisões da dupla de empresários, também foram deferidos, pela Vara Única da Comarca de Encruzilhada, afastamento das funções do agente público, 11 mandados de busca em endereços residenciais e empresariais, e mais três mandados de prisão.//Foto: Reprodução/WhatsApp
/Portal Poções.