A Polícia Federal (PF), em conjunto com a Receita Federal e em colaboração com a Europol, deflagrou a Operação Calvary, com o objetivo de desarticular organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de cocaína, com atuação em diversos atos de lavagem de dinheiro, na manhã desta quinta-feira (18).

Na Bahia, sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta manhã. Além disso, entre as medidas cautelares, está a interdição de uma rede de combustíveis. Também foi determinado o sequestro de um navio de longo curso – que pertence ao grupo criminoso investigado e seria utilizado no transporte de cocaína. Segundo a ação, estima-se que os bens apreendidos/sequestrados durante a investigação superem R$ 50 milhões.

Os mandados foram expedidos pela 6ª Vara Federal de São Paulo (SP) e englobam ainda o sequestro de 28 imóveis, localizados em quatro estados, diversos veículos, incluindo carros avaliados em mais de R$ 600 mil, e valores custodiados em contas bancárias de 53 pessoas físicas e jurídicas, algumas abertas em Portugal e na Bélgica.

Ainda foi determinada a quebra dos sigilos bancário e fiscal de 66 pessoas, incluindo 39 pessoas jurídicas suspeitas de serem utilizadas pelos investigados para a prática de lavagem de dinheiro. Além do estado baiano, a operação também acontece em São Paulo, Mato Grosso, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. // Por: Polícia Federal