Em Brumado, a dona de casa Tereza Rita Cardoso, moradora da Rua Manoel Francisco de Lima, no Bairro Apertado do Morro 2, denunciou o recebimento de contas de água com valores 5 vezes maior que o normal. Normalmente, ela costumava pagar entre R$ 29 e R$ 30 por mês, mas, atualmente, o valor chegou a R$ 142. Cardoso disse que o aumento já veio na conta antecipada de janeiro de 2022. “Agora, pelo amor de Deus, onde eu gasto tudo isso? Não tem condições”, disse. Para a dona de casa, trata-se de um erro de leitura que ela não tem como quitar. Em contato com a Embasa, a empresa informou que o reajuste se deve à troca do hidrômetro e o valor precisa ser pago. Para a moradora, foi oferecida a possibilidade de pagamento parcelado da conta, o que não resolve a situação. “Como é que parcelo essa conta de janeiro? E nos outros meses? Vira uma bola de neve. Não tenho condições nenhuma de pagar uma conta cara todo mês”, afirmou.
Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste