No sábado (12) e domingo, a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde atendeu quatro denúncias, que incluíram festas clandestinas, venda de alimentos impróprios para comercialização e também de estabelecimento sem alvará para funcionamento.

Além de verificar as denúncias, a Vigilância Sanitária realizou visitas espontâneas em mais dez estabelecimentos, onde foram feitas uma interdição e dez notificações.

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Maico Mares, no período da pandemia Covid-19, o número de denúncias aumentou bastante. “Chegamos a receber 11 denúncias em uma única semana”.

Em cada abordagem, a Vigilância busca orientar os promotores de eventos e comerciantes a buscarem os órgãos regulamentadores para evitar situações como notificação e interdição do estabelecimento ou evento.//Blog do Sena