Motorista atropela e mata criança durante fuga. A criança de nome Maysa da Silva de Abreu de 08 anos, morreu atropelada durante uma perseguição policial na tarde desta quinta-feira (10), por volta das 17h na rua Ipê, no bairro Jardim das Acácias em Luis Eduardo Magalhães.

De acordo com informações, a CIPE/CERRADO estava em operação quando avistou o veículo GM/Agile com as mesmas características usadas por indivíduos que realizaram assalto na cidade, no final de semana e ao dar ordem de parada, os acusados efetuaram disparos contra a guarnição. Iniciando um acompanhamento pelas ruas da cidade, ao passar pela rua citada acima, o motorista atropelou uma criança que estava atravessando a via.

Com o forte impacto, a criança foi arremessada vindo a cair ao solo. Uma guarnição prestou socorro à criança e a uma segunda Guarnição deu continuidade ao acompanhamento, onde um dos indivíduos pulou do veículo ainda em movimento e empreendeu fuga para uma mata de cerrado, sentido Jardim Alvorada.

De acordo o registro, o condutor continuou a fuga, parou em um estabelecimento na rua Aroeira e reagiu contra os policiais sendo baleado, posteriormente socorrido pela Guarnição para a UPA, mas já chegou sem sinais vitais, constatado o óbito pelo o médico de plantão.

A criança foi atendida pela equipe do SAMU/USA, sendo colocada na ambulância e realizado protocolo de RCP/Reanimação cardiopulmonar. Após 40 minutos, evoluiu para óbito.

O corpo foi removido para o morgue da UPA.

A SUTRANS fez o registro da ocorrência de acidente de trânsito e a CIPE/CERRADO realizou a apresentação de dois revólveres, munições intactas, deflagradas, um aparelho celular e uma quantidade de substância análoga a maconha.

Todo o material foi apresentado ao DISEP para serem tomadas as medidas cabíveis.

Estiveram na UPA, a Polícia Militar da 85 CIPM, CIPE/Cerrado, Major Gouveia da 85 CIPM e a ROMU que deu apoio.

Segundo informações policiais, o indivíduo que reagiu contra a guarnição da CIPE/CERRADO foi identificado por André Luis Alves de Oliveira Silva de 24 anos. O corpo foi removido para necrotério de Barreiras a fim de ser feito exame de necropsia. Já o corpo da criança (menina) foi removido por uma funerária também para o necrotério de Barreiras. (Fonte: Blog Braga)