Na última quinta-feira (10), o teatro do CAPS Poções realizou a gravação da peça teatral “O Presente”, e irá participar do Prêmio Cultura na Palma da Mão. A premiação dispõe de recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc, redirecionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult).
Elisandra, coordenadora do CAPS Poções, fala da importância desse projeto para os usuários da unidade. “O teatro é de fundamental importância para nossos usuários. Essa peça trata da prevenção ao suicídio. Através dele [teatro] os usuários conseguem expressar seus sentimentos e emoções, como também quebrar os verdadeiros tabus e preconceitos que ainda existem em nossa sociedade com o usuário em sofrimento psíquico”.
O projeto Cultura na Palma da Mão é voltado a iniciativas que possam ser desenvolvidas nas plataformas virtuais como Instagram, Facebook e YouTube.
“O projeto que criamos chama-se 'Poções e o Teatro Socioeducativo de Diana Lucard'. O projeto consiste em um conjunto de ações: Encenar textos lítero-teatrais e disponibilizá-los no meio virtual. Os textos que eu produzo é específico para os públicos vulneráveis para os quais eu trabalho, como crianças e adolescentes; mulheres em situação de violência; pessoas em sofrimento psíquico; e outros”, afirma Diana Lucard, produtora cultural.