No último domingo (13), foram vistas nuvens que provocam trovões (Cumulonimbus), da cidade de Santo Estêvão, interior da Bahia, a cerca de 150 km da capital Salvador.


No momento em que essas nuvens de trovoadas estavam presentes, haviam também muitas nuvens Cumulus, sendo que uma delas avançou na cidade, provocando chuva. No momento dessa chuva estava trovejando; eram trovões das nuvens Cumulonimbus que estavam atrás das nuvens Cumulus.

Depois de alguns minutos o céu ficou coberto das bigornas das nuvens de trovoadas.

Uma nuvem Cumulonimbus com uma bela frente de rajada aproximava-se. Logo soube-se que a frente de rajada tratava-se de uma shelf cloud (nuvem prateleira), pois foram notadas estrias nela. Também, logo houve muitos relâmpagos e muitos trovões.

A medida que aproximava-se, a shelf cloud ficava mais intensa e bonita. Também, havia coloração esverdeada nas cortinas de chuva presentes atrás da shelf cloud.

https://youtu.be/2ttZBJdntks

"Esta foi a mais bonita shelf cloud (nuvem prateleira) que já vi, e também uma das mais belas formações de tempestades que já vi", disse o autor das fotos, o Observador do Tempo de Santo Estêvão, Bahia.

Quando a tempestade já estava bem próxima da cidade de Santo Estêvão, ela "fez o dia virar noite". Era por volta das 14h00 da tarde quando a nuvem deixou a cidade escurecida.

"A nuvem de tempestade escureceu a cidade por volta das 14h00, mas vendo de dentro das casas parecia mais com um céu nublado, perto da noite", disse o Observador.

Depois de chegar bem perto da cidade a tempestade se dissipou. Depois de se dissipar ainda havia outras nuvens Cumulonimbus provocando relâmpagos e trovões.

Outras nuvens Cumulonimbus distantes continuaram se formando, e depois que todas se dissiparam, sobraram apenas as bigornas órfãs (orphan anvils), que duraram horas cobrindo o céu.

A shelf cloud (nuvem prateleira) é uma formação de nuvem em forma de cunha, normalmente baixa, que ocorre ao longo da borda de ataque de uma frente de rajada, geralmente de uma tempestade.

Ela geralmente sinaliza que ventos fortes, relâmpagos e trovões se aproximam.

Além de normalmente terem uma incrível beleza, as nuvens prateleira geralmente são dignas de notícias, pois tendem a assustar as pessoas.

Mesmo que pareçam ameaçadoras e as pessoas muitas vezes as confundam com tornados, as próprias nuvens prateleira são inofensivas. O que elas indicam, no entanto, é potencialmente mais perigoso.

As nuvens prateleira geralmente se formam ao longo de linhas de instabilidade, e muitas vezes produzem ventos prejudiciais por onde passam.

Essas nuvens normalmente se formam quando o ar frio de uma tempestade encontra o ar quente e úmido e o levanta. À medida que a nuvem prateleira passar pelo observador, o observador notará uma queda na temperatura e os ventos aumentarão à medida que a frente de rajada se mover. A chuva (que normalmente será forte) seguirá logo atrás. (Por Maikon Souza)