No dia 2 de março de 2022, vinte e oito dias após o fato, a Polícia Civil da Bahia, através da Delegacia Territorial de Brumado, concluiu a investigação da tentativa de homicídio ocorrida no dia 3 de fevereiro, na Vila Presidente Vargas. Na localidade, um homem sofreu várias lesões causadas por disparos de arma de fogo enquanto dormia. A vítima possuía, ilegalmente, um revólver e também atirou. Segundo o delegado Paulo Henrique, a polícia concluiu que o crime foi praticado por três homens que utilizaram um carro para ir até a residência da vítima. Um deles aguardou dentro do veículo e os outros dois foram na porta do quarto efetuar os disparos. No dia 18 de fevereiro de 2022, foi deflagrada uma operação policial para cumprir mandados de prisão temporária contra dois autores do crime, ao passo que o terceiro, Filipe Souza Teixeira, 21 anos, não foi encontrado e é considerado foragido. Com um deles foram apreendidos mais de 1 kg de drogas, um revólver e munições. Com o outro indiciado, apreendeu-se o carro utilizado no crime. Um dos presos, que trabalha como porteiro noturno, apresentou folha de ponto para alegar que estaria trabalhando no momento do crime, mas acabou provando o contrário, pois o documento informava que estava de folga. Dentro do carro usado no crime, de propriedade de um dos indiciados, também foi encontrado uma foto da vítima, tamanho 10x15cm, acondicionada em um envelope tipo carta. O delegado informou que a motivação do crime estaria relacionada com o tráfico de drogas. Os três foram indiciados pela Polícia Judiciária pela prática de tentativa de homicídio qualificado e os presos tiveram as suas prisões temporárias convertidas em preventiva.//
Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste